O país dos gordinhos

Que os Estados Unidos é o país dos obesos, todo mundo sabe...mas essas estatísticas não são limitadas à população americana "humana."

Os gordinhos, quero dizer, competidores de The Biggest Loser, um dos poucos programas de realidade que assisto.

20% dos animais domésticos americanos estão acima do peso. 20%!!! Vocês têm noção do que é isso?!

O problema é tão sério (e comum) que hoje em dia já existe "programa de dieta" para cães e gatos! Juro!!! São programas alimentares aonde a ração já chega embaladinha individualmente na porção certa para o seu bichinho, com o número certo de "biscoitinhos" diários, além de um programa de exercício...Seguindo o programa, a propaganda diz que você já vê resultados em 30 dias! (parece mais propaganda de dieta de gente...)
O mais recente programa alimentar de dieta (canina)
Assistindo o noticiário local hoje (*comentários sobre a qualidade do jornal no final do post), umas das noticias foi sobre o Otto, um gatinho (ou melhor, um gatão).
Otto no noticiário

Otto pesa 34 libras, ou seja, quase quinze quilos e meio!!! O peso "normal" para gatos é em torno de 4,5-5 quilos. O coitadinho já passou da fase "gordinha" e hoje sofre de obesidade mórbida. Isso mesmo! Ele corre risco de diabetes, problemas cardíacos, e não consegue se locomover com facilidade. Por isso, Otto tinha dificuldade de ir ao banheiro, pois não conseguia chegar na caixinha de areia. Os donos do Otto, pessoas, digamos assim, boníssimas, o levaram à uma clínica veterinária para sacrificarem o bichinho, pois não estavam mais dando conta do trabalho que ele estava dando. (Momento "ditadora benevolente": No meu mundo, as pessoas deveriam ter permissão para terem bichinhos...como assim, abandonar o gatinho porque ele está dando trabalho?! ANTAS!!! Donos irresponsáveis que estavam matando o bichinho...) 
Com a equipe veterinária

Ainda bem que os veterinários da clínica não deixaram os donos sacrificarem o Otto e resolveram ficar com o gatão, tomando conta dele. Otto tem que perder 2% do seu peso por semana, com a meta final de 20 libras (ou seja, quase uns 9 quilos). Ele está numa dieta restrita de alto teor de proteina e os veterinários estão tentando exercitá-lo. Eles esperam que o Otto chegue no peso ideal em mais ou menos 10 meses...

*Sobre as notícias locais de DC: pois é, eu moro na capital da maior economia do mundo, no país que tem o maior arsenal militar do mundo, em um momento quando o Oriente Médio inteiro está passando por uma bela revolução democrática, e o jornal local de DC teve as seguintes reportagens hoje: 1) Otto e a obesidade animal; 2) a falta de barreiras de som nas estradas e as reclamações dos moradores; e 3) a indignação da população Afro-americana de DC e dos representantes municipais democratas porque uma representante municipal republicana tem uma vaca que se chama Oprah (aparentemente, quem deu o nome a vaca foram as crianças dela, que gostam muito da vaquinha e da Oprah...) E olha que essas notícias todas ainda passaram no horário nobre! Imagine só se fosse no jornal das 17:00...

Labels: , , ,