A música: DJ Goody

Hoje em dia, com Internet, Skype e comunidades virtuais, organizar um casamento a distância dá um trabalhinho, mas não é nenhum bicho de sete cabeças. Graças aos blogs, à Casar é Fácil no Orkut, e ao santo google, encontrei quase todos meus fornecedores. Inclusive, tenho uma regrinha: só fecho contrato com fornecedor que tem site e que expõe o trabalho no site, assim consigo ter uma noção do produto. Eu entendo que a maioria das noivas podem ir ao escritório, conhecer pessoalmente o profissional, mas mesmo para quem tem essa facilidade, o ideal seria ver o trabalho antes, para fazer uma triagem (e não descobrir que a ida ao escritório do fornecedor foi uma perda de tempo, porque o trabalho não é o seu estilo...) Enfim, para mim, quem não tem site não serve, afinal, estamos em pleno século 21!

Agora, tem uns fornecedores que, mesmo com Internet, comunidade no Orkut, blog, etc, não adianta nada, porque só dá para conhecer o trabalho DURANTE uma festa, e isso é super difícil de fazer a distância! E nesse caso específico, o fornecedor é importantíssimo, alguns até diriam que é a "alma" da festa: o DJ!

Para mim, essa foi a escolha mais difícil. Não conheço o trabalho de DJs, não acompanho a indústria, e acho que só tinha ido a dois casamentos no Rio quando tivemos que contratar DJ, então não tinha muita referência. A solução: perguntar a amigas que casaram / iam casar qual DJ elas contrataram, sabendo que mesmo sem conhecer o trabalho deles pessoalmente, poderia confiar no gosto das minhas amigas. Foi quando meu casal de padrinhos/afilhados queridos sugeriram o DJ Goody, da Rastropop.

O DJ Goody faz quase todas as festas da família deles, e como a gente gosta do mesmo estilo de música, resolvi confiar e fechar! Mais ou menos um mês depois de ter fechado, meus amigos casaram no Rio, eu fui madrinha, Thiago também foi, e conhecemos pessoalmente o trabalho do Goody. Gostamos bastante, a festa foi animadíssima, e dançamos bastante! Depois fui pesquisar mais sobre o DJ Goody e descobri que a especialidade dele é funk / hip-hop, que não é muito nossa cara, mas como o casamento que fomos não tocou funk nem hip-hop e a festa foi o máximo, nem fiquei preocupada, pois sei que o Goody toca e entende de tudo, fórmula garantida para um festão! Estou bem ansiosa para conhecê-lo pessoalmente (só em junho!) e montar a lista de músicas para o casamento.

A Rastropop, empresa do DJ Goody, tem vários artistas exclusivos, tipo o DJ Taw e o DJ Guga Weigert, que fez a festa de casamento da minha irmã e também arrasou! A festa foi super divertida, e ele tocou músicas que eram exatamente do estilo da minha irmã e meu cunhado. Agora, o que mais curto da Rastropop é o Batuque Digital, uma iniciativa musical única, unindo o samba a música eletrônica. Fui em uma festa que teve o Batuque Digital e AMEI! Recomendo a quem tiver um orçamento um pouquinho mais frouxo que corra atrás do Batuque Digital. É animação na certa!

Labels: ,