Home Sweet Home

Na terça, dei um pulinho no meu lar adotivo para fazer a segunda prova do meu vestido. Podem me chamar de louca, mas quando entro no metrô em Nova York, me sinto completamente em casa, é um momento bem "lar doce lar." Entre as buzinas, as ruas sujas, as multidões e o caos urbano generalizado, Nova York me abraça e me acolhe. Para mim, não importa quanto tempo fico longe de Nova York, sempre que volto, é como se não tivesse passado um dia...

Dessa vez, foi um pulinho mega rápido, acho que não passei nem 3 horas na cidade. Peguei o trem cedinho de DC, cheguei em NY na hora do almoço, fui direto para a Saks experimentar meu vestido maravilhoso, e depois peguei o trem de volta.

O vestido está PERFEITO, LINDO e (praticamente) PRONTO! A costureira quis só ajeitar a bainha um pouquinho para a próxima prova, mas ele já está um arraso! Uma coisa que adoro de experimentar vestido é a comunidade de noivas, mães e amigas nos ateliers. Eu estava sozinha, mas foi só sair para me ver no espelho central, que uma mãe e noiva que estavam lá, me elogiaram, falaram que estava perfeito, que o vestido caiu que nem uma luva. E, é claro, eu a elogiei de volta (o vestido que a menina estava experimentando era de princesa! Um arraso! Perfeito para um casamento primaveril) Acho muito legal esse companheirismo entre noivas nos ateliers :)

Ficou faltando apenas um detalhe (um cintinho, que chega dia 10) e já no dia 18 de junho poderei buscar meu vestido. Estou mega empolgada (apesar de estar bem preocupada em como carregarei o vestido no avião, pois é um trambolho bem grandinho rsrsrsrsrs).

E para finalizar o post, algumas fotos de NY tiradas pelo celular.

Solitário de 5 quilates na vitrine da Cartier (que é uma joalheria muito mais bizarra que Tiffany)

Vestido vintage na Saks Bridal

Vestido de noiva rosa bem clarinho, de um designer espanhol (que agora não me lembro mais o nome...)

Maseratti branca arrasando pelas ruas da cidade (foto tirada especialmente para o meu amor!)

E logo antes de pegar o trem de volta na Penn Station, um pedacinho do Empire State Building.

Labels: ,