7 Noivas para 7 Irmãos

(Esse post foi inspirado pela Elza, que tem um dos blogs mais fofos por aí)

Na terça a noite, depois de um dia inteiro de estudos, liguei a televisão para dar uma abstraída antes de dormir. Para minha surpresa estava passando Sete Noivas para Sete Irmãos no TCM (canal de filmes clássicos daqui). Não resisti e acabei assistindo o filme ao invés de ir pra cama.

Quando era criança e ia para a casa dos meus avós paternos, meu avô sempre escolhia 1 de 3 filmes para assistirmos. Todos tinham sido gravados em VHS direto da TV Globo (com direito a comercial no meio e tudo!) Os filmes eram: Vivendo a Vida Adoidado, A Fortaleza (não o sci-fi, mas um filme australiano sobre o sequestro dos alunos de uma escola rural...era bem interessante), e 7 Noivas para 7 Irmãos. Eu adorava os três, mas com o passar dos anos, acabei gostando mais do último.

7 Noivas para 7 Irmãos se tornou meu musical favorito e o primeiro pelo qual eu me apaixonei.

Essa sequência é uma das mais famosas do filme e uma das minhas cenas prediletas de todos os tempos

Para quem não conhece, 7 Noivas para 7 Irmãos é um musical clássico de 1954, com os grandes atores Howard Keel, Jane Powell e Russ Tamblyn, entre outros. A história, baseada no rapto das Sabinas, é a seguinte: sete irmãos (duh!) moram sozinhos em um rancho no meio das montanhas do Oregon no final do século 19. O irmão mais velho, Adão, vai para a cidade um dia e volta casado com Milly. Ele não conta para Milly que mora com os outros 6 irmãos, e ao chegar no rancho, ela descobre que tem é muito trabalho pela frente, por ser a única mulher da casa. 
Keel e Powell. Não são lindos?!
Adoro esse look de antigamente.
E juro que minha avó materna é a cara da Jane Powell.

Milly conquiste a confiança dos irmãos, ensinando-os a serem mais educados e refinados. Um dia vão todos para a cidade e os 6 irmãos se apaixonam pelas meninas da cidade. E aí que começa a confusão: para poderem namorar as meninas, que são moças de família e cujos pais não aprovam os rapazes, eles as sequestram e as levam para o rancho, aonde elas ficam por meses e meses.
Os 6 irmãos e as 6 moças pelas quais eles se apaixonam.
O filme é muito bom, super divertido, e eu ADORO as músicas. Sei todas de cor e salteado, e quando era criança, cantava junto! (ok, até hoje canto junto...) Sem falar nas sequências de dança, que são conhecidas como as melhores coreografias já feitas em um filme de Hollywood.

Aqui mais uma sequência do filme...por causa dessa música, quando era criança, achava que TINHA que casar em junho...Anos se passaram e me esqueci dessa lembrança, até que esse ano, quando assinamos nosso contrato legal de casamento no dia 30 de junho, me lembrei que queria casar em junho só para dizer que essa música podia ser minha :) E não é que agora posso dizer que sou uma June Bride (and a bride, all my life).


Se você gosta de musicais e não conhece esse, assista logo! Prometo que não irá se arrepender.

Ah, além de ser meu musical predileto, é impossível assistir esse filme e não me lembrar carinhosamente do meu avô. Muitas saudades dele e das tardes que passava vendo esse filme com ele e minhas primas.

Labels: , , ,