Manava Tahiti! (ou "Bem-vindos ao Tahiti")

Como já falei, a lua de mel foi maravilhosa! Foi THE BEST TRIP EVER! (frase que o Thiago não parava de repetir...)

Porém, a viagem para chegar no Tahiti não foi nada fácil...saimos de casa às 5:30 da manhã e chegamos no quarto do hotel em Papeete às 12:30, horário local (ou seja, 5:30 horário de DC). Foram 24 horas de viagem certinhas! De DC, pegamos um vôo de cinco horas para Los Angeles. Lá, esperamos algumas horas e pegamos o vôo para Papeete, Tahiti (que demora 8 horas e 20 minutos). Na ida, a viagem nem pareceu tão longa, pois estávamos bem empolgados. Mas na volta, essas 24 horas de viagem foram intermináveis... Apesar das longas 24 horas para chegarmos lá, vale a pena fazer esse deslocamento todo, pois a Polinésia Francesa é maravilhosa! Ah, e para quem quiser conhecer a região saindo do Brasil, sei que tem vôo direto de Santiago, Chile para Papeete, feito pela LAN (deve ser mais rápido do que Los Angeles-Papeete...)

Antes de mais nada, Tahiti é apenas o nome da ilha principal do arquipélago das Ilhas da Sociedade na Polinésia Francesa. Bora Bora, por exemplo, é outra ilha, então quando alguém fala: "Vou ao Tahiti," no estrito senso, a pessoa só deveria ir à ilha Tahiti, não às outras ilhas. Se vc vai a Bora Bora e Tahiti, o correto seria falar "Vou às Ilhas da Sociedade" (mas ninguém fala assim). Nos posts, usarei o jeito errado mesmo (me referindo à região do arquipélago como Tahiti), mas acho importante reconhecer a diferença.
E que fique claro: existe TAHITI (na Polinésia Francesa) e HAITI (no Caribe, aonde teve o terremoto em 2010). Ambos foram colonias francesas, mas enquanto um é destino turístico no Pacífico, o outro (Haiti) é um dos países mais pobres e sofridos que tem nas Américas.

Voltando para a viagem ao Tahiti...

Esse é o avião da Air Tahiti Nui, empresa aérea que faz 2-3 vôos diários de Los Angeles para Papeete, capital do Tahiti. O serviço é bem direitinho (apesar dos assentos serem apertadinhos). Achei um charme que todas as aeromoças usavam uma orquídea no cabelo. Muito fofo! 

Tenho mania de limpeza em avião. Assisti uma reportagem na CNN, falando que bandejas de avião e aquele bolsinho no assento têm mais bactérias do que o metrô de Nova York (!!!). De acordo com uma pesquisa da Universidade de Arizona, que avaliou a presença de bactérias nas bandejas de 3 empresas  aéreas, 60% das bandejas continham Methicilin-resistant Staphylococcus Aureus, uma bactéria responsável por 20 mil mortes anualmente nos EUA. Desde então, sempre passo um paninho anti-bactéria nas bandejas, no controle remoto e na televisãozinho (e parei de usar o bolsinho do assento...) 

E finalmente, depois de quase 23 horas viajando, chegamos em Papeete. Fomos recepcionados por uma dançarina de hula e uma banda local. Ao passarmos na imigração, ainda ganhávamos tiares (a flor nacional, para colocarmos no cabelo) e leis (colares de flores). 

Ficamos hospedados no Intercontinental Tahiti, em Fa'aa, que fica pertinho do aeroporto. Antes do cruzeiro, reservamos um bangalô por 2 noites. Foi maravilhoso! Essa era a varanda do nosso bangalô (não reparem a cara de cansada e o aspecto "sujinho"...tiramos essa foto assim que chegamos no hotel depois de 24 horas de viagem). 

O interior do bangalô era bem bonito, todo de vime, e bastante espaçoso. Infelizmente, os bangalôs do Intercontinental Tahiti não tinham piso em acrílico para vermos o mar :( (fica para a próxima visita...) 

Amanhã, nosso primeiro dia completo no Tahiti :)

Labels: , ,