Münchner Residenz: Tesouraria e Teatro

Um dos destaques da Residência dos Wittelsbach é a Tesouraria. A coleção inclui quase mil anos de jóias, começando pelo início da Idade Média. A exposição inclui insígnias reais, coroas, espadas, taças, louças, etc. 

Esse era o livro de orações do Imperador Carlos II. Um charme, né? 

Essa foi a coroa que mais gostei (só não me lembro os detalhes...)

Coroa dos Reis da Baviera, feita em ouro, prata, diamantes, rubis, esmeraldas, e imitação de diamante azul. Já a coroa menor é a Coroa das Rainhas da Baviera, feita em ouro e pérolas (1806).

Caneca de cerveja de marfim e ouro. Será que o chopp fica mais gostoso assim?

O Teatro Cuvilliés, obra prima do estilo rococó, foi construído entre 1751-1753, a pedido do Eleitor da Baviera, Maximilian Joseph III. Originalmente, o teatro ficava dentro da Residência, mas após sua destruição na 2a Guerra Mundial, o teatro foi reconstruído em uma ala da Residência. Incrivelmente, por questão de segurança, durante o 2a Guerra Mundial, os camarotes do teatro (que são todos folheados em ouro) foram desmontados e guardados. Assim, quando o Teatro foi recriado na década de 50, os arquitetos puderam aproveitar os camarotes originais.

Labels: ,