Willkommen in München

Antes de mais nada: voltei!!! Depois de uns 10 dias viajando por Munique e Barcelona, cheguei nessa segunda-feira. A viagem foi ótima! Adorei conhecer as duas cidades, que são bem diferentes. E foi bom demais passar um tempinho com minha prima, minha sobrinha-prima foférrima, e minha irmã.

Vou começar os relatos por Munique. Já aviso que serão bem detalhados :) (adoro escrever relatos de viagem, assim fica tudo registradinho bonitinho para o futuro). Andei muito em Munique e acho que fui a maioria dos pontos turísticos. Além de passear por Munique, aproveitei e dei um pulinho em Hohenschwangau, aonde fica o castelo de Neuschwanstein, e também passei um dia todo em Salzburg com meus primos, que foi uma delícia!

Eu gostei bastante de conhecer Munique. A cidade é muito bem organizada, limpa, e fácil de passear. De vez em quando eu me senti meio limitada por não falar alemão (detesto não saber a língua local!), mas consegui resolver quase tudo falando em inglês mesmo...Munique é bem interessante por causa da sua história e pela cultura local. Eu gostei bastante do clima da cidade. É bem convidativo e tranquilo. A cidade é o tipo de lugar que tem muita coisa para fazer e ver, mas você não sente aquela pressão de ver tudo de uma vez só, sabe? Dá para fazer "turismo chill," sem pressa, com direitinho a várias paradinhas para tomar um chopp ou comer um chocolatinho. Adorei!

Em Munique, praticamente todos os caminhos levam a Marienplatz, que é a praça central da cidade. É lá que fica o prédio da prefeitura e também a estação de metro central da cidade. Acho que praticamente todo dia, inevitavelmente, acabava passando pela Marienplatz. 
Neue Rathaus, ou a prefeitura nova.
É no prédio da prefeitura que fica o Glockenspiel, um relógio com figuras animadas, que contam uma história. É bem legal ver o relógio tocar e as figuras mexerem (todo dia, as 11, 12, e 17h)

Uma das coisas que mais gostei de Munique foi a arquitetura e os prédios com fachadas pintadas (que, pelo que pude observar, é típico da região). Ah, esse prédio no meio, com a torre bem pontuda, é a prefeitura antiga. Construído entre 1470 e 1480 no estilo gótico, a prefeitura antiga foi completamente destruída durante a 2a Guerra Mundial, mas foi reconstruída de acordo com o projeto original do século 15.

Já estou acostumada a ver músicos tocando na rua por um trocado (é bem comum em NY), mas nunca vi ninguém levar um piano de cauda! Achei impressionante!

Essa é a Fischbrunnen, ou Fonte do Peixe. Ela foi projetada em 1864 pelo Konrad Knoll, e foi completamente destruída na 2a Guerra Mundial. Em 1954, foi reconstruída de acordo com o projeto original. 

Pertinho da Marienplatz, fica a Odeonsplatz, que é a praça entre a Residência dos Wittelbach (a família real da Bavaria) e a igreja Teatina de São Caetano.  

Em Munique, andei muito de metrô e de trem. O metrô é super eficiente, é bem pontual, passa por praticamente a cidade toda e achei bem em conta (eu comprei o passe diário, que me permitia fazer multiplas viagens por dia por um preço fixo). 

Para quem curte, dá para conhecer várias partes da cidade de bicicleta. Munique tem o programa de aluguel de bicicletas em vários pontos e as ciclovias são bem espalhadas pela cidade. 
Inclusive, se você estiver a pé, vale a pena prestar atenção se você está na ciclovia ou na calçada.

Labels: ,