Crescer Sorrindo!

Sabe aquele pavor que a maioria das crianças têm de ir ao dentista? Eu NUNCA tive! Pelo seguinte: a minha tia querida, mãe da minha BFF, era também, minha odontopediatra! Eu até ficava empolgada para ir ao consultório da Tia Branca. Sempre saia de lá com brindes (uma vez, ganhei uma escova de dente que trocava de cor a medida que você escovava os dentes! Legal, né?) e a Tia Branca sempre conversava comigo, batendo papinho, me contando as novidades da minha BFF e me distraindo dos barulhos estranhos de dentista.

Hoje em dia, ela não trabalha mais em consultório, se dedicando integral à sua pesquisa na UERJ (já que ela é professora da Faculdade de Odontologia...e diga-se de passagem, uma das melhores do departamento! Tanto orgulho da minha tia!) Um dos projetos que ela coordena é o Crescer Sorrindo, uma iniciativa bem legal voltada para promover cuidados odontológicos a crianças na rede pública. Para saber mais sobre essa iniciativa, vale a pena dar uma olhadinha nessa página do Facebook.

Recentemente, o projeto lançou esse vídeo bem bacana, divulgando os resultados de uma pesquisa sobre as pastas de dentes com flúor para dentinhos infantis. Como várias leitoras do blog têm/terão crianças pequenas, achei legal divulgar o vídeozinho aqui. É bem curtinho, mas "to the point." Espero que gostem!


For my English-speaking friends who google translate the blog, here's the English version of the video.


Ah, outra coisa que achei bem legal foi essa imagem que minha tia postou no Facebook há algumas semanas.
A - quantidade de pasta de dente que deve ser usada por uma criança com menos de 4 anos - igual a um grão de arroz.
B - colocação transversal, que proporciona quantidade de pasta equivalente a um grão de ervilha
C - quantidade de pasta de dente que deve ser usada por uma criança entre 4-8 anos - igual a uma ervilha pequena

Eu não tinha idéia da quantidade de pasta de dente indicada para crianças...(ainda bem que ninguém tinha me pedido para escovar os dentes das minhas sobrinhas, pois com certeza iria intoxicá-las com pasta, completamente sem querer...)

Labels: