Granola Caseira

Só comecei a cozinhar "de verdade" durante o último ano da faculdade, em 2003, assim que fiz 21 aninhos. Foi a primeira vez na vida que tive uma cozinha para chamar de "minha" (bem, para chamar de "nossa," já que, durante esse ano, morei com mais 5 amigos em um townhouse da própria universidade). Duas das minhas roomates, a Amanda e a Logan, eram mestre cucas, que desde que se entendiam por gente, se aventuravam na cozinha. Foi com elas que descobri que cozinhar é fácil e uma delícia!

Praticamente uma vez por mês, a Logan fazia granola e eu achava uma delícia! (e a casa ficava com um cheiro maravilhoso de nozes torradas com canela!) Finalmente, depois de pedir permissão para comer a granola dela inúmeras vezes (regra #1 de roomates: cada um compra/faz sua própria comida!), resolvi pedir a receita. É essa receita que uso até hoje, com algumas leves modificações. Depois de quase 1 ano sem fazer essa receita, desde que Thiago e eu paramos de comer glúten e laticínios, voltei a fazer a granola (pois o cereal sem glúten que encontramos no supermercado, apesar de ser gostoso, era bem carinho).

Ingredientes:
4 xícaras de aveia
1 xíc de nozes/amêndoas/castanha do Pará/avelã cortadas em pedaços
1/4 xíc de semente de linhaça
1/4 xíc de semente de girassol
1/4 xíc de semente de chia (obs: muitas vezes eu uso só a semente de girassol ou só de chia, depende do dia...)
1/4 xíc de farelo de aveia (ou gérmen de trigo, se vc não tiver intolerância ao glúten)
1/2-1 colher de chá de canela em pó
1/4 colher de chá de noz moscada em pó
1/2 xíc de mel
2 colheres de sopa de óleo
frutas secas (opcional)

Como preparar:

Pré-aqueça o forno para 150oC

Misture todos os ingredientes secos (da aveia até a noz moscada).
(Dessa vez, eu escolhi usar nozes e amêndôas)

O negócio é misturar bem mesmo, para todos os ingredientes ficarem bem espalhados. 

Adicione o mel e o óleo e misture BEM.
Essa parte dá um trabalhinho (é meio musculação), mas é importante misturar BEM. O mel e o óleo precisam estar bem distribuídos. 

Espalhe em uma assadeira, forrada com papel manteiga, tentando manter uma camada fina de granola (se não tiver assadeira grande, é melhor dividir em duas). E se não tiver papel manteiga, vale papel alumínio (LEVEMENTE untado) ou então um tapete de silicone, tipo Silpat (que é melhor ainda!)

Leve ao forno por 25-30 minutos, até a granola ficar dourada. 
Comparando a granola já cozida (da esquerda) com a granola crua (da direita).
As cores são bem diferentes.

Quando tiver esfriado completamente, quebre em pedaços e adicione as frutas secas. 

Muito importante: granola é saudável, mas não deixa de ser calórico! Aqui em casa, quem é fã de granola mesmo é o marido, que (ainda) não briga com calorias nem com a balança, minha inimiga de longa data. Eu raramente como granola, e quando como, é só um pouquinho mesmo (tipo, 1/4 de xícara, para dar um "croc" no iogurte...) Mesmo assim, prefiro fazer nossa granola do que comprar, pois controlo direitinho a quantidade de mel e de óleo nela (grande parte das granolas prontas em supermercado levam MUITO açúcar e bastante óleo...) Essa receita rende mais ou menos umas 7 xícaras, com um total de 3,160 calorias. Ou seja, cada porção de 1/2 xícara tem 225 calorias.

Granola deliciosa, com blueberries secos :)

Labels: ,