Istambul, 4o Dia: Forte da Europa

Rumelihisari (Castelo Rumeli) é uma fortaleza no lado europeu de Istambul. Ele foi construído pelo sultão Mehmed II entre 1451-1452, antes da conquista de Constantinopla. Mehmed II queria controlar o tráfego marítimo no Bósforo, assim limitando qualquer possibilidade de assistência a Constantinopla vinda pelo Mar Negro (principalmente bloqueando assistência de Genova e Veneza). O local foi escolhido estrategicamente na "Rocha da Europa," uma colina com acesso a uma curva no Bósforo, local de onde, supostamente, no século 13, o imperador persa Dario, o Grande, assistiu seu exército entrar no continente europeu.

Com a construção do forte, Constantino XI, o último imperador bizantino, alegou que Mehmed II estava violando o tratado entre os dois países. E realmente, Rumelihisari era muito mais que uma fortaleza: era uma declaração de guerra! Infelizmente para Constantitno XI, em 1453, Mehmed conquistou Constantinopla, dando o fim ao império bizantino.

Depois da conquista de Constantinopla pelos otomanos, o forte perdeu sua importância e ficou abandonado. Ele foi restaurado em 1953 e hoje ele é um museu. Aparentemente, ele não é um point turístico muito popular, pois estava BEM vazio.


A fortaleza tem três torres principais, cada uma em torno de 20-25 metros de altura. 

Nós subimos duas das três torres. 
A vista lá de cima era maravilhosa!

O Palácio Beylerbeyi, do lado asiático do Bósforo, visto do Rumelihisari. 



O anfiteatro da fortaleza, bem no meio das duas torres. 

A ponte ao fundo é a Ponte Fatih, construída em 1987, ligando o lado europeu com o lado asiático. "Fatih" significa "conquistador," e foi o título dado a Mehmed II, em reconhecimento às suas conquistas.
Mesmo o Forte da Europa aparentemente não sendo um point turístico da cidade, nós dois ADORAMOS conhecer a fortaleza. Achamos o lugar muito interessante, com uma das melhores vistas da cidade! 

Labels: ,